Vinho no Antigo Egito

Nos primeiros registros históricos do Egito Antigo, em torno de 3.000 a.C, já aparecia a palavra IRP, que significa vinho. Os egípcios antigos não registraram o que o consumo do vinho significava para eles, porém descreveram em livros de fórmulas mágicas, em poesias, em contos, em mitos, em ilustrações de papiros e em paredes dos túmulos uma infinidade de cerimônias envolvendo esta bebida. Estas fontes permitem atualmente resgatar um significado básico e três temáticas relacionadas ao consumo do vinho. Conheça um pouco mais sobre a relação dos egípcios com o vinho no infográfico abaixo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *