Atef – a coroa de Osíris

Símbolos de poder, as coroas e os toucados egípcios continham significados religiosos e políticos.  Segundo a concepção egípcia, as coroas eram entidades divinas, sagradas, dotadas de força sobrenatural  que uniam  os seus portadores à esfera divina. 

A coroa branca, chamada em egípcio hedjet , era utilizada na época pré-dinástica e fazia também parte dos emblemas usados pela deusa Nekhebet, a deusa protectora do Alto Egito. Hedjet foi muito utilizada pelos faraós egípcios de todas as épocas, como nos atestam diversos registos iconográficos. A coroa branca é representada em um lado da Paleta de Narmer. Permaneceu popular ao longo da história egípcia e  seu uso estendeu-se também ao domínio divino: muitas divindades (masculinas e femininas) do vasto panteão egípcio surgem figuradas com a coroa. 

Atef, a coroa de Osíris,  era uma combinação da coroa branca do Alto Egito, o hedjet guarnecida com penas de avestruz em ambos os lados e com um disco dourado no topo.  Na arte egípcia, a coroa atef pode ser vista em governantes humanos e várias divindades, mas é principalmente associada ao deus Osíris, sendo assim uma das mais importantes do Egito Antigo.   

De acordo com as crenças egípcias, Atef representa Osíris como o deus da fertilidade, governante da vida após a morte e um representante do ciclo de morte e renascimento.  Já as penas de avestruz simbolizavam  a verdade, a justiça, a moralidade e o equilíbrio. A deusa Maat usava uma pena de avestruz na sua cabeça. Fato sabido ela era a deusa da justiça presente no julgamento dos mortos.

Há uma lenda que explica isto porque as penas da avestruz tinham todas o mesmo tamanho! Elas também representam o centro de culto de Osíris, que está localizado em Busiris.

A representação mais antiga da coroa Atef data do reinado de Sahure na Quinta Dinastia do Reino Antigo.  Mais tarde, porém, passou a ser utilizada por outros faraós por causa da crença de que eles se tornariam uma forma de Osíris após sua morte. Em seus túmulos, os faraós teriam sido descritos como Osíris, usando sua coroa. Durante o Império Médio do Egito, até os cidadãos comuns podiam ter a coroa de Osíris porque Osíris se tornara o juiz do falecido. 

1 comentário em “Atef – a coroa de Osíris

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.